domingo, 22 de outubro de 2017

Cancun - Como se locomover pela região?

A não ser que seu plano seja ficar quieto e confortável no seu resort All-Inclusive durante toda sua estadia em Cancun, é importante entender quais são as maneiras disponíveis para se locomover pela região e poder visitar tudo que deseja. A própria Zona Hotelera, aonde a maior parte dos hotéis fica, é bem extensa (como falei no post anterior), e visitar as praias da sua extensão "a pé" pode ser um desafio e tanto!

Nesse post vou aproveitar alguns meios que já utilizei (e ainda vou utilizar, já que estou no meio da viagem!) pra dar algumas dicas de como se locomover aqui sem muita dor de cabeça. 

Como se locomover em Cancun?
Nada mais glamuroso que chegar nesse paraíso de busu!
Vamos a lista:

Táxi

Assim como em qualquer outro lugar do mundo, o táxi é o meio mais prático e fácil de utilizar. Entretanto, também pode ser um dos mais caros! Até o momento não precisei usar o táxi nenhuma vez, mas posso garantir que a presença e abordagem deles é bastante intensa e não existe muito o risco de ficar sem encontrar um quando precisar. Não existe um local aonde se vá sem ver vários carros brancos paradas, com os motoristas repetindo "táxi, táxi" para todos que passam!  

Com relação ao preço, tudo aqui é negociado! Não deixe de pechinchar ou consultar o valor de outros taxistas pois com certeza você vai conseguir um valor melhor do que inicialmente oferecido! 

Ponto importante: gorjetas são algo esperado pelas pessoas aqui em Cancun (talvez pelo grande volume de americanos) e sempre ganhamos uma olhada feia quando não damos! Nos táxis não vai ser diferente, principalmente se te ajudarem a guardar as malas.  

Uber

NÃO! Uber não é legalizado no estado de Quintana Roo (aonde fica Cancun) e os motoristas de táxi fazem questão de lembrar isso! É comum vermos mensagens no vidro traseiro dos táxis dizendo que operar e pedir Uber na região é proibido, e li diversos relatos na internet de turistas que foram retirados a força do Uber pelos taxistas. Portanto, pra evitar dor de cabeças e confusão (até com a polícia), evite utilizar o aplicativo. 

Nota: Essa informação é de 2017 e pode vir a ficar obsoleta caso o Uber seja legalizado no futuro. 

Como se locomover em Cancun?
Por enquanto é melhor não usar Uber em Cancun!

Ônibus municipal

Muito prático e barato para visitar as praias ao longo da Zona Hotelera! Como todos os ônibus que passam por essa parte atravessam toda a extensão da região, não existe muita preocupação sobre qual ônibus pegar, basta garantir que está na direção certa que deseja (e sempre vale a pena confirmar com o motorista, né?).

O pagamento é feito diretamente para o motorista e custa 12 pesos por pessoa (em 2017), o que dá em torno de 2 reais. 

Caro deseje ir ao centro de Cancún, tem de pegar o ônibus marcado com R1 na frente.

Vans compartilhadas

Caso você queira fugir do táxi na seu translado entre aeroporto e hotel, uma ótima dica é utilizar os serviços de vans compartilhadas. Existem diversas empresas que operam esse serviço (e você vai reparar pelo número de pessoas com placas na mão no desembarque do aeroporto) mas a que usei e recomendo é a Yellow Transfer

Agendei a ida do aeroporto para meu hotel diretamente no site, pagando 9 dólares por pessoa. Logo após o desembarque, identifiquei meu nome em uma das placas, aguardamos em torno de meia hora, até os outros passageiros da van chegarem, e partimos. Sem complicação nem dor de cabeça. 

Não utilizei o serviço de retorno ao aeroporto ainda (e nem agendei), mas pelo que li é o ponto aonde a empresa costuma ter mais problemas. Vi relatos de pessoas que foram esquecidas ou que a van atrasou demais, portanto atenção nesse ponto. Muitas vezes é válido aguardar a chegada em Cancun para conversar diretamente no lobby do seu hotel e decidir o melhor jeito de retornar ao aeroporto. 

Excursões

Cancun não é somente as praias da Zona Hotelera! Desde parques enormes, como o Xcaret, até monumentos históricos como o Chichén Itza, existem inúmeras atividades para se fazer na região. O jeito mais prático para ir até esses lugares é através de excursões. Não é nem um pouco difícil encontrar agentes vendendo pacotes de todos os tipos para os passeios, basta colocar a cara na rua que você já começa a ser abordado! O mais importante nesse caso é negociar muito: os preços são bem flexíveis e com muita pesquisa e papo dá pra conseguir ótimos descontos. 

As excursões geralmente são em ônibus bem confortáveis ou vans, dependendo da distância, e costumam te pegar e deixa no hotel (ou bem próximo dele). 

Como se locomover em Cancun?
A famosa pirâmide Maia em Chichén Itza é um dos tours mais comuns em Cancun!

Ônibus ADO

Você é do tipo aventureiro econômico e quer fazer algumas viagens por conta, sem pegar um tour? Então os ônibus ADO vão te ajudar! Com linhas intermunicipais e bons preços, é uma ótima escolha para se deslocar entre cidades. 

Ponto de atenção é que os ônibus saem e chegam nas rodoviárias específicas na cidade. A de Cancun, por exemplo, fica mais próxima do centro da cidade e não na Zona Hotelera!

Carro alugado

Por fim, você pode simplesmente alugar um carro e ter mais liberdade de locomoção. Os valores das diárias que vi numa pesquisa rápida na internet parecem ser bem atrativos, muitas vezes não passando de 10 dólares por dia. Entretanto, alugar carros em cidades turísticas (e principalmente no aeroporto) costuma vir recheada de taxas dos mais diversos tipos, que podem rapidamente fazer sua diária dobrar ou até triplicar de valor! 

No próprio aeroporto de Cancun existem diversas locadoras das marcas mais famosas e a saída em direção a Zona Hotelera é muito bem sinalizada e direta. Porém, confira antes se seu hotel possui estacionamento (muitas vezes cobram uma taxa adicional), pois não vi muitos locais para estacionar o carro e não parece ser muito prático.  

Como se locomover em Cancun?
Num ônibus de excursão, pronto pra desbravar mais uma atração mexicana!


No fim das contas, uma viagem acaba sendo uma combinação de diversos meios de transporte diferentes, dependendo da maneira como você prefere e do seu orçamento também. Por isso, é sempre bom tentar se informar um pouco antes da chegada ao destino, e conversar bastante com atendentes de hotel e lojas para descobrir as melhores maneiras.