terça-feira, 27 de outubro de 2015

Toronto - Como funcionam metrô, ônibus e streetcars

Toronto é a maior cidade do Canadá, com quase 3 milhões de habitantes. Com um centro bastante movimentado e uma cidade que se estende por uma longa área, um sistema de transportes abrangente e eficaz se torna necessário. Apesar de não ser necessariamente o mais completo, a cobertura é boa e é possível chegar a todos os lugares que se deseja com o metrô ou com uma combinação de metrô + ônibus ou streetcar. 

Streetcar em Toronto, Canadá.
Testando o streetcar e a câmera nova!

Todo o sistema é controlado pela Toronto Transit Comission (TTC), o que o torna bastante flexível com relação a conexões entre os diferentes modos. Nesse post vou explicar sobre cada um dos 3 tipos de transporte público da TTC. Em um próximo, vou falar mais sobre tarifas, tickets, passes e como fazer a conexão entre eles. 

Metrô


Mapa do metrô de Toronto, Canadá.
Mapa do metrô de Toronto


Como pode ser visto no mapa acima, o metrô de Toronto possui 4 linhas, entretanto as linhas 3 e 4 são bem reduzidas e mais distantes, o que as torna menos utilizadas. As linhas 1 e 2 cortam o centro da cidade e passam pelos pontos turísticos mais importantes, sendo portanto as de maior interesse para quem está "turistando". 

Como todo sistema de metrô, as estações possuem nomes que são anunciados no sistema de aúdio antes e durante a parada. Uma diferença que notei nas estações é que a referência do sentido da linha que se deseja pegar é feita entre Northbound (sentido Norte) e Southbound (sentido Sul) para a linha 1, e Westbound (sentido Oeste) e Eastbound (sentido Leste) para a linha 2, sempre com relação a estação em que está. 

A linha 1 faz uma "volta" na parte sul da linha, na Union Station. Essa é na verdade a maior estação de trens de Toronto, de onde chegam os trens de várias regiões do Canadá e também de Nova York. 

Uma dica pra quem estiver chegando ou partindo pelo aeroporto Pearson (YYZ) e não quiser gastar com táxi é pegar o ônibus 192 no aeroporto (linha vermelha no mapa) e conectar na estação Kipling da linha 2. 

Designated Waiting Area (DWA) na estação de metrô de Toronto, Canadá.
Designated Waiting Area em uma estação de metrô de Toronto

Um ponto importante é que todas as estações possuem uma parte chamada de Designated Waiting Area (DWA). Essa região serve para ser um ponto mais seguro de espera, com câmera de monitoramento, um interfone que conecta diretamente com um representante da TTC e uma iluminação diferenciada. 

Ônibus


Ônibus municipal de Toronto, Canadá.
Pegando um ônibus e contemplando as árvores mudando de cor no começo do outono!

Uma característica interessante é que o mapa completo do sistema (link na palavra ônibus acima) não diferencia entre ônibus e streetcars: eles são representados pelo mesmo tipo de linha. 

A entrada do ônibus é feita pela porta dianteira e a saída preferencialmente pela traseira, mas pode ser feita pela dianteria também (várias pessoas fazem isso). A porta traseira não abre automaticamente: quando o ônibus para, uma luz verde acende acima da porta e você precisa empurrar ela pra abrir. Não esqueça disso!

Todas as paradas tem nome e são anunciadas no áudio e no letreiro na parte de cima do ônibus. Quando chegar na estação que deseja descer, basta sinalizar puxando a cordinha lateral ou apertando o botão (igual nos ônibus no Brasil mesmo). 


Ponto de ônibus de Toronto, Canadá.
Ponto de ônibus em Toronto

As paradas são bem simples, identificadas por um poste sinalizado branco e vermelho. Algumas estações também possuem uma cabine de vidro, bastante útil nos dias de frio!

Nos ônibus noturnos existe um procedimento feito para proteção dos usuários: se por algum motivo você se sentir ameaçado (a), você pode pedir para o motorista parar em qualquer lugar entre as estações. Ele vai abrir apenas a porta da frente para você descer, assim quem quer que esteja te ameaçando no ônibus não pode te seguir!

Streetcars


Mapa mostrando as linhas do streetcar de Toronto, Canadá.
Mapa dos streetcars de Toronto

Os simpáticos streetcars (bondinhos) são bastante práticos e podem ser bem úteis, dependendo de onde se deseja ir. Além disso, permitem que você possa ir observando a cidade, diferente do metrô, além de serem mais rápidos que os ônibus por transitarem em faixas exclusivas ou preferenciais. 

Um programa de renovação do sistema promovido pela TTC vem substituindo os streetcars antigos, com visual e estilo bastante antigos, por outros novos e modernos. Como esse processo vai levar alguns anos, vai ser possível ver os 2 tipos pelas ruas de Toronto por um bom tempo!

Streetcar do modelo antigo nas ruas de Toronto, Canadá.
Streetcar do modelo antigo
Streetcar do modelo novo. (Fonte: National Post)

O streetcar antigo funciona muito parecido com o ônibus, tanto com relação as portas quanto as paradas, solicitação de descida e posição do motorista. Já os novos streetcars são muito mais parecidos com os trams europeus, inclusive com um sistema bem diferente com relação ao ticket e fiscalização (vou explicar no próximo post). 

Streetcars novo e antigo, lado a lado! (Fonte: Toronto Sun)

No próximo post, mais sobre o sistema de transportes de Toronto!